Vamos pedalar no desafio da Cuesta!

27 ago, 2017 | BIKE, DICAS DE TREINO, EVENTOS, TRILHAS

Dessa vez o Sujo de Barro vai se aventurar nas alturas sem tirar os pés do chão, isso mesmo, vamos para Botucatu-SP saborear a 5ª Edição do Desafio da Independência na Cuesta,
Um desafio de tirar o folego de qualquer um, uma trilha com muitas aventuras, com grande índice de adrenalina e recheada de incríveis paisagens. Com certeza um pedal para entrar para historia de todos.

O Desafio da Independência é um passeio ciclístico feito de forma radical, por isto leva o nome de desafio, lembrando que o desafio esta dentro de nós, em desafiarmos nós mesmos. Além de promover o encontro de amigos e grupos de outras cidades, a finalidade é promover o MTB e mostrar as maravilhas naturais e o potencial do nosso turismo rural.
A 5ª Edição do Desafio da Independência na Cuesta oferece uma mega estrutura aos ciclistas. A proposta é ser maior e ainda melhor. Apresentar para galera um bom trecho de trilhas novas e como tradição muitas serras e single. Desafie-se e venha para o Desafio da independência, uma experiência única em sua vida.
Pensando em nossos amigos o Sujo de Barro separou algumas dicas para evitar que você passe por problemas e acabe não desfrutando desse desafio:
DICAS:
Adoramos um single, isso porque a adrenalina vai a milhão quando a trilha começa a ficar  apertada. Afinal alta velocidade, árvores passando perto e o contato próximo com a natureza são a receita de diversão. Essa mesma sensação que faz a alegria de alguns, no entanto, pode ser o medo de outros. Quem nunca se enroscou em um galho ou perdeu a esteira e foi parar no mato?  Algumas dicas podem ajudar você a evitar esses “acidentes de percurso” e ganhar um desempenho melhor nas trilhas.
Posicione melhor na magrela.
Deixe braços e pernas flexionados e o corpo baixo. Não prenda o selim com as pernas. Quando o single é muito técnico, a dica é mudar o centro de gravidade da bicicleta, inclinando o corpo deixando seu peso no eixo de trás.
Nas subidas
Em subidas técnicas, incline o corpo para frente para não deixar a bicicleta empinar e mantenha-se sentado para não perder tração. Em caso de obstáculos, alivie o peso da roda dianteira puxando o guidão, depois fique em pé na magrela e empurre o guidão para frente, o segredo é nunca parar de pedalar, se precisar parar e empurrar, não tenha medo de ser feliz.
Siga os mais experientes
Quando tiver uma magrela pilotada por alguém com experiência, o deixe ir na frente e observe, pois cada trilha tem sua particularidade e a experiência pode ser importantíssima, não tente se aventurar com grandes velocidades em trilhas desconhecidas. 
Cautela nas curvas
Não deixe de usar os freios em curvas, não use o freio em cima das curvas, sinalize com o braço que vai fazer a curva e cuidado para não usar o freio da roda dianteira, o uso do freio dianteiro em curva quase sempre se resulta em tombos.
Olhe para longe
Esta é uma regra muito importante. Quanto mais distante você visualizar os obstáculos, mais tempo terá para planejar sua rota. A distância mínima para manter o foco da visão é de 4 metros.
Não ande olhando para sua roda dianteira.
Prepare sua Magrela.
Para ganhar mais fluidez e segurança nos desafios, muitas vezes a revisão de sua magrela pode fazer toda a diferença.
Conferir a calibragem de seus pneus.
Verificar os freios.
Configurar a altura do selim.
Lubrificar a relação.
O que levar em sua bagagem:
Agua não pode faltar.
Câmera de ar reserva.
Kit de remendos.
Ferramentas.
EPI, (luva, capacete e óculos)
Um lanchinho para as paradas estratégicas.
E muita disposição para curtir, se divertir e é claro tirar muitas fotos com os amigos em lugares lindos.
Não fique de fora!
https://www.desafiodaindependencia.com.br/
Free Divi WordPress Theme, Find new Free Android Games at dlandroid24.com