Quem esta educando o seu filho?

21 mar, 2019 | COLUNA DO ZANCA

Sempre que falamos em Educação infantil ainda é comum ouvir a famosa frase de que “escola ensina, mas educação vem de casa” e fico me questionando e tentando entender a diferença entre ensinar e educar. Afinal, de quem é a responsabilidade pela educação das crianças?
Existe uma grande contradição nessa frase. Como separar estes dois termos? Educação e ensino, pois até no dicionário, são sinônimos!

Claro que temos um momento histórico-social onde encontramos um motivo para que essa separação esteja presente em diferentes segmentos da sociedade, porem mais parece uma critica ao atual perfil familiar em deixar a responsabilidade de educar para a escola. Mas, por outro lado alguns educadores insistem em contar com o perfil educacional antigo onde “antigamente era bem melhor”.
Mas vamos considerar alguns pontos nesse discurso nostálgico. O papel educativo dos pais era muito objetivo e determinado. Aos filhos cabia somente cumprir um certo modelo imposto, independentemente de seus desejos e ambições. Ideias eram silenciados e muitas vezes nem questionados. As crianças não tinham vez, muito menos voz. Aos filhos cabia somente a resposta de “sim Senhor e não Senhor”. 
A quantidade de informação e estímulos direcionados ao publico infantil pode entupir a cabeça de uma criança com tantas informações, nossas crianças são inseridas tantos pelo ambiente virtual ou social a informações o tempo todo.
Pensando nisso, já sabemos que quem mais educa ou ensina uma criança é o ambiente onde ela cresce, os bons exemplos podem influenciar e moldar uma criança com muito mais poderes que um pai ou um professor.
 Em outras palavras, todo ato é educativo! Educação, entendida num sentido amplo, envolve a família, escola, o clube, o campinho de futebol a piscina do condomínio e até mesmo a postura de seu vizinho. Portanto, não dá para a escola querer que somente a família eduque ou o professor separar o ensino, de educação.
Todos os atos educam e educam sempre. Para bem ou para mal. Cabe escolher de que lado você está. Ou melhor, se você não está de lado nenhum. Se está de mãos dadas e braços abertos, andando junto, somando.
Sempre digo “Seja sempre o seu melhor exemplo”

Free Divi WordPress Theme, Find new Free Android Games at dlandroid24.com